quarta-feira, junho 15, 2005

OS AMIGOS SÃO (SÓ) PARA AS OCASIÕES?

É curioso como há pessoas que, quando tomamos a iniciativa de contactá-las em diversas ocasiões, raramente demostram entusiasmo mas, quando necessitam, não hesitam em pedir-nos favores, ainda que não se tenham esforçado minimamente por nos contactar em quaisquer outras circunstâncias.
Estranho como conseguem insistir ou perguntar "Posso contar contigo para me ajudares?" quando não se preocuparam em dar sinal de vida durante tanto tempo...Ou então talvez o façam porque contam com a resposta previsível do costume, mas como nada dura para sempre (pelo menos quando não é recíproco), a certa altura a resposta tem mesmo de mudar...
Desculpa, V., mas os anos passam, as pessoas mudam, e eu já não estou para isso...

14 comentários:

S0LO disse...

Hum...já passei por isso. Faz como eu: desprezo!

Cumprimentos amigáveis :)

Kraak/Peixinho disse...

É assim mesmo, Gonn! Tb já dei p/ esse peditório e naum há pachorrinha... Que se desenrasquem pq o nacional porreirismo já acabou há que tempos... Que a vida lhes seja risos e rosas.
Btw, vi 1 comment teu (acho que no planeta-pop), então os teus amigos naum curtem a tua música? Pois eu tb tenho o mm prob e só tenho 1 ou 2 amigos ke me podem acompanhar por esses concertos fora. Na > parte, vou sozinho. Vais ver os LCD?
Hugzzz

gonn1000 disse...

sOlo: Pois, isso e o silêncio são, por vezes (e infelizmente) a melhor resposta. Fica bem ()

Kraak/Peixinho: Yup, a maioria não, por isso é um bocado chato. Às vezes lá consigo "converter" um ou dois, mas é raro. Não gosto muito de LCD Soundsystem, por isso não devo ir ver. Esse acho que passo...Hasta :)

O Puto disse...

A amizade é como um gato: não precisas de lhe dar muita atenção, mas faz-lhe uma festa sempre que puderes (que raio de comparação). A amizade é, sobretudo, dádiva. Se não sentes que assim é, ou tens dúvidas, é porque não é.
Quanto aos meus amigos, tenho muita sorte, pois grande parte partilha os meus gostos musicais.
Em princípio vou ver os LCD ao Porto.
Abraço!

gravepisser disse...

Primeiramente, não podes fazer mais do que lamentar a situação. De maneira nenhuma que deves ficar abatido ou com 1 certa culpa pensativa. Sê firme na tua consciencialização que a culpa é toda de V. e ainda mais, decerto que V. não era digno(a).
Abraço()

gonn1000 disse...

O Puto: A comparação até nem está má, faz sentido lol...E bom LCD (salvo seja) no Porto. Abraço ()

gravepisser: Pois, também não há muito mais a fazer. Fica bem (já agora, quando é que cria um blog, sr. Artur???)

gravepisser disse...

Um blog... um blog? Gonçalo, possote mandar 1 resposta mais elaborada e ilustrativa da minha situação quanto a isso, por mail? Fazia mais sentido...

cine7's the best!!! hasta

gonn1000 disse...

Sim, colaboras no cine7, mas referia-me mesmo a um blog pessoal...Foi só uma sugestão lol

gravepisser disse...

Gonçalo, não te precipites pá:) A minha referência ao cine7 foi 1 urra de saída de cena. A resposta à tua pergunta, por várias razões, faz mais sentido mandá-la para o teu email. Posso? Era isto que eu queria dizer, man:)

Abraço()

gonn1000 disse...

LOL ok...Hey, a criação do blog foi só uma sugestão, também não é preciso fazer grande alarido, mas é claro que podes enviar um mail...Fica bem ()

Spaceboy disse...

Grande parte dos meus amigos também não partilham os mesmos gostos musicais que eu...tenho sorte em ter um professor (com quem ja fiz radio) que tem gostos muito parecidos com os meus...mas as vezes o facto das pessoas que nos rodeiam não terem os mesmos gostos torna-se frustrante...

gravepisser disse...

Ai se tivessem na minha pele:) Quem vive num fim de mundo chamado Calheta(na Madeira) é que tem azar quanto a isso. É que não tenho amigo nenhum(de muitos), com quem me dê razoavelmente que vai na minha onda do tipo cultural. E já me insultaram, sim, o que demonstra que a falta de respeito e a falta de direito à diferença é ainda mais frustrante. Sempre tenho a net:)

Spaceboy disse...

gravepisser: comigo já se passou o mesmo. Eu vivo também no fim do mundo, moro em Santiago do Cacém e aqui não há respeito pela diferença!

gonn1000 disse...

Spaceboy/Gravepisser: God bless the Internet...Quanto ao respeito (ou falta dele) pela diferença, aqui na capital também há situações dessas. Acho graça a comentários do tipo: "O quê, tu ouves Lamb? A única música de jeito deles é a "Gabriel", não têm mais nada que se aproveite!". Enfim...