sábado, maio 07, 2005

REGRESSO AO PASSADO

"Infiltrados 2" (Infernal Affairs 2), a segunda parte da famosa trilogia de Hong-Kong, adensa os ambientes de conspiração e, em vez de se concentrar na dupla de agentes do episódio inicial, debruça-se sobre os seus patrões, Wong (Anthony Wong), da polícia, e Sam (Eric Tsang), das tríades, cujas participações eram já determinantes no episódio inicial mas que aqui se tornam centrais.

Decorrendo num período temporal anterior ao do primeiro filme, "Infiltrados 2" é uma prequela que permite compreender mais a fundo as motivações e códigos de conduta de algumas personagens, evidenciando ainda que o conflito entre a polícia e as tríades é alvo de proporções quase míticas.

A aura trágica e amargurada reforça-se num filme que contém menos cenas de acção do que o antecessor mas que aprofunda os momentos de carregada tensão psicológica. Não é que não haja por aqui um número considerável de twists, mas o mais interessante é o foco da juventude de Yan e Ming e a forma como os seus compromissos enquanto agentes infiltrados começam a suscitar um inevitável isolamento, individualismo e solidão que nunca mais os abandonará.

Houve quem comparasse este segundo episódio à marcante saga "O Padrinho", de Francis Ford Coppola, e a comparação faz sentido se atentarmos a que ambas as obras abordam conflitos familiares e morais onde o drama e o thriller se imbricam de modo espontâneo, com resultados suficientemente intrigantes e memoráveis.

E O VEREDICTO É: 3/5 - BOM

1 comentário:

Scott Arthur Edwards disse...

Join NOW for FREE...

The Quick and FREE Way to Get a SWARM of Visitors to Your Site!

To find out more visit: how to start making money online site. It successfully exposes FREE information covering Traffic and how to start making money online related stuff.