quarta-feira, janeiro 11, 2006

CINEMA - TOP 10 2005: OS MELHORES

Num ano em que provavelmente vi mais filmes no cinema do que em qualquer outro – se os meus cálculos não me enganam, terão sido 132 (não incluindo aqueles apenas disponíveis em festivais) -, o resultado foram muitas surpresas e desilusões, mas os 10 títulos indicados abaixo destacam-se como os que mais me convenceram e aqueles cujo (re)visionamento considero indispensável, particularmente os primeiros cinco, que poderiam partilhar a primeira posição ex-aequo:

1- «Mar Adentro» - amar-te-ei até te matar
Alejandro Amenábar já tinha revelado ser um realizador com algum interesse, mas nunca tinha atingido o brilhantismo de uma obra ímpar como “Mar Adentro”. Mais do que um mero panfleto sobre a eutanásia, é um filme que mergulha no âmago das relações humanas para criar uma visceral experiência cinematográfica, cujo maior prodígio é a exemplar interpretação de Javier Bardem, que compõe aqui uma das melhores e mais complexas personagens dos últimos anos.

2- «Maria Cheia de Graça» - nossa senhora dos traficantes
Formalmente simples e discreto, “Maria Cheia de Graça” condensa no entanto uma carga dramática a que dificilmente se fica indiferente. A “culpa” é do realizador Joshua Marston e da actriz principal Catalina Sandino Moreno, ambos estreantes mas conseguindo condimentar o filme com grandes doses de inteligência, subtileza e vibração emocional.

3- «Colisão» - o stress e a cidade
Ambicioso e bem sucedido filme-mosaico sobre a intolerância, xenofobia e mau-estar existencial do quotidiano urbano, a primeira longa-metragem de Paul Haggis catapultou-o automaticamente – e depois de um pouco auspicioso percurso televisivo - para a lista de realizadores mais promissores do momento. Desde a direcção de actores à realização ou à construção de atmosferas, quase tudo resulta nesta estreia memorável.

4- «Elizabethtown» - quase falhados
Apesar da filmografia irregular, Cameron Crowe cedo mostrou ser um dos novos cineastas norte-americanos com um universo peculiar e reconhecível. “Elizabethtown”, provavelmente o seu filme mais pessoal (a par de “Quase Famosos”) e intimista, é uma belíssima desconstrução do modelo boy meets girl, assim como uma emotiva viagem pela parte menos óbvia dos EUA e pelas tensões das relações humanas.

5- «Cruel» - clube de combate
Num ano rico em bons filmes centrados na adolescência, esta obra do sueco Mikael Håfström foi uma das mais pungentes e portentosas. Ambientada nos meandros de colégios internos, é uma película dura e amargurada, mas também tocante, orientada pelo olhar do jovem actor Andreas Wilson que, não raras vezes, parece concentrar toda a tristeza e revolta do mundo à medida que sofre as consequências de questionar o sistema em que se insere.

6- «Os Edukadores» - pequenos crimes entre amigos
Um dos títulos fortes do novo cinema alemão, esta perspectiva de Hans Weingartner sobre uma juventude em crise conquista pela espontaneidade de um dos mais refrescantes trios de actores do ano e oferece uma equilibrada combinação de drama, road movie e thriller que alicerçam as bases para uma reflexão acerca dos rumos das sociedades ocidentais contemporâneas.

7- «Salto Mortal» - sensibilidade e bom senso
Revelando uma realizadora e uma actriz com enorme potencial – Cate Shortland e Abbie Cornish, respectivamente -, “Salto Mortal” é um poético e sensível olhar sobre a solidão de uma jovem em processo de auto-(re)descoberta, abrilhantado por uma palpável e inebriante energia visual e por uma não menos bela banda-sonora, tornando-se numa das mais aconchegantes experiências cinematográficas (ou mesmo sensoriais) de 2005.

8- «Uma Pequena Vingança» - brincadeiras perigosas
A primeira longa-metragem de Jacob Aaron Estes é uma daquelas surpresas que o cinema independente norte-americano gera ocasionalmente. Realista e sério retrato do crescimento e das ambivalências da adolescência, é uma em que – e à semelhança do que ocorreu com “L.I.E. – Sem Saída” ou “Ghost World – Mundo Fantasma” em anos anteriores – a inspiração que contém não merecia ter passado ao lado de grande parte do público.

9- «Guerra dos Mundos» - querida, escondi os miúdos
Se com “Tubarão” Steven Spielberg criou, para o bem e para o mal, o primeiro blockbuster, volta a confirmar que não perdeu a eficácia ao proporcionar o mais impressionante filme dessa linhagem surgido em 2005. Negro, sufocante e apocalíptico, mescla drama, terror e até humor num dos seus melhores trabalhos dos últimos anos.

10- «O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa: As Crónicas de Nárnia» - uma aventura em Narnia
Como fazer com que a presença das novas tecnologias não impeça que a adaptação de um conto de fadas emblemático mantenha encanto e magia, fugindo ao artificialismo da maioria dos blockbusters de encomenda? Andrew Adamson, que já tinha estado na origem de “Shrek”, oferece aqui uma muito conseguida estreia na realização em nome próprio, em duas horas comoventes e imaginativas.

Mais 10 a recordar:

«King Kong», de Peter Jackson
«Sin City — A Cidade do Pecado», de Roger Rodriguez, Quentin Tarantino e Frank Miller
«A Descida», de Neil Marshall
«Batman — O Ínicio», de Chris Nolan
«Garden State», de Zach Braff
«Uma Canção de Amor», de Shainee Gabel
«Ela Odeia-me», de Spike Lee
«O Fiel Jardineiro», de Fernando Meirelles
«As Bonecas Russas», de Cédric Klapisch
«Tarnation», de Jonathan Caouette


Já agora, quais os vossos preferidos de 2005? E sim, gostei de «Million Dollar Baby - Sonhos Vencidos» mas não acho que seja dos melhores do ano :)

55 comentários:

S0LO disse...

Hum...vejo que temos alguns nomes em comum na lista dos melhores do ano :). Passa pelo meu blog, tens lá o meu TOP 20.

Abraço

gonn1000 disse...

Sim, já vi as tuas escolhas e há algumas semelhanças, o que já seria de esperar. Bons filmes!

Bárbara disse...

Olá, entro aqui um bcd fora de contexto, mas vi recentemente o filme "Odete" e queria ler aqui outra opinião, mas acho que não viste, pelos vistos. Estou certa?
Fui ver o filme sem pensar mesmo no que iria encontrar, não tinha lido NADA sobre ele, nem sabia que era polémico lol, portanto fui 'virgem'em termos de expectativas ou assim.

Tenho a minha opinião, claro, mas gostava de ler outra.

Take care**

gonn1000 disse...

Olá Bárbara, já vi o "Odete", sim, mas com os balanços de final de ano ainda não tive tempo de escrever sobre ele.
Não é um filme consensual, mas gostei, mesmo não tendo adorado, e até acho que é o melhor filme português de 2005 (o que também não é assim tão difícil).
Gostei da forma como o realizador captou o lado obscuro das atmosferas urbanas, assim como do retrato de solidão/alienação/obsessão, e os actores foram competentes. Em breve tenciono escrever sobre ele e desenvolvo mais a minha opinião. Bons filmes :)

cine-asia disse...

Temos um top 10 completamente diferente Gonçalo! passa pelo meu blogue para veres as diferenças. Parabéns pelo artigo (bem fundamentado) embora não concorde com as tuas escolhas. Ainda por cima, tendo o meu pequeno ódio de estimação (War of the worlds) no teu top 10 eh eh. 1 abraço.

Sérgio Lopes

Duarte disse...

Algumas boas escolhas, outras muito más, mas só o "Mean Creek" é digno de um TOP 10.

gonn1000 disse...

Bem, o top10 é diferente, mas muitos dos teus 10 preferidos estão na minha lista de 20 melhores lol

gonn1000 disse...

Muito más, Duarte? Não sou eu que tenho "Birth" (yawn...) e "Broken Flowers" (zzzzz...) no top10 :P

nuno disse...

n vou contar com o bin-jip, pq vi em 2004, logo se tiver q destacar 5 filmes q vi em 2005, eles são:

caché
match point
oldboy
closer
million dollar baby

kimikkal disse...

O melhor para mim? "Million Dollar Baby", sorry...

:)

Da lista referida houve alguns que não vi, mas mesmo assim destaco "Colisão", um verdadeiro murro no estômago que nos faz pensar, Maria Cheia de Graça, a actriz principal é portentosa e "as bonecas russas", boa sequela de um excelente filme.

Em minha opinião falta "A Noiva Cadáver" na lista...

;)

gonn1000 disse...

Nuno: Ainda não vi "Match Point" (e cá só estreia em 2006), não gostei de "Caché" e dos outros três gostei moderadamente.

Kimikkal: "A Noiva Cadáver" foi para mim uma desilusão, um dos mais fracos de Burton...

Demas disse...

Gonn, recentemente reassisti a "Mar adentro", o que só confirmou o grande filme que ele é (até postei novamente no meu blog um texto que tinha escrito em 2005 quando o vi no cinema). O filme do Aménabar está no meu top 5. Da sua lista, se me permite discordar, não colocaria de jeito nenhum o "Guerra dos Mundos" (talvez a decepção do ano passado para mim). Quanto ao que li nos comentários, faço algumas outras considerações: "Million Dollar Baby" está no meu top 5, assim como "Bin-jip" (que é de 2004 mas que só passou por aqui no ano passado); achei "Noiva-cadáver" adorável, ritmo perfeito, fotografia cuidadosa; também não gosto de "Birth", mas admito que depois de ouvir tanta discussão sobre o filme, decidi reassisti-lo e reavaliá-lo, se bem que acho difícil o roteiro do filme me convencer. É isso. Abração.

H. disse...

a minha "lista" está no sitio habitual ... ;)

boas escolhas!

gonn1000 disse...

Ícaro: Pronto, parece que em relação a "Bin-jip" o problema deve ser mesmo meu lol
Mas pronto, em relação a "Mar Adentro" estamos de acordo :)

Lost in Space: Ah, já a vi há uns dias e o top10 não é muito semelhante, mas vejo que foste das poucas que gostou d'"Os Edukadores" :)

Spaceboy disse...

Não vi muitos filmes este ano, mas gostei muito muito do «Cruel» (o meu preferido), «Colisão», «Mar Adentro» e «Charlie e a Fábrica de Chocolates».

Bárbara disse...

Volto em pés de veludo.
Eu não gostei do "Odete".Também não tava à espera de nada daquilo. Não é preconceito, é pela sequência de cenas, pela história.. Gostei de algumas filmagens e luzes, perspectivas e música :) Mas em termos de história, achei um pouco 'exagerada'.Mas não me vou deter muito em razões detalhas:)beijitos

gonn1000 disse...

Spaceboy: Pois, também com a overdose de discos que ouviste não te deve ter sobrado muito tempo para filmes (comigo foi o contrário). De qualquer forma, esses 4 são dos mais recomendáveis que vi em 2005.

Bárbara: Não me surpreende, não é mesmo um filme consensual e suscita reacções de amor ou ódio. Espero que tenhas mais sorte com o próximo filme que escolheres, então :)

membio disse...

para mim tb não foi um ano em que tenha visto muito cinema, enfim, ainda não muitos da tua lista, mas na minha incluí o Downfall, Oldboy, The Maquinist, The descent e o Millions nas menções honrosas...

Kraak/Peixinho disse...

Mar Adentro, sem dúvidas no TOP10 de 2005 :) Há aí um filme na tua lista que mudava para o teu post anterior, hihihi :)

Hugzz à la crash

gonn1000 disse...

Membio: Também gostei de "Old Boy", mas não o suficiente para o incluir no top20. O "The Descent" incluí, "Millions" não cheguei a ver e os outros dois não me disseram muito.

Kraak/Peixinho: Bah, essa implicação com o filme... Aposto que no dia em que o viste tinhas comido pataniscas mal feitas, só pode :P

Dark Electronic disse...

Eternal Sunshine of The Spotless Mind(nao sei se estreou em 2005, só o vi em dvd) e Crash.

gonn1000 disse...

É um grande filme, mas de 2004 (e ficou em nº1 na minha lista desse ano) :)

Joana C. disse...

Podes ver a minha lista dos melhores do ano no meu blog :)
"Charlie and the chocolate factory" foi o meu favorito de 2005.

gonn1000 disse...

Gosto das tuas escolhas, excepto de "Last Days" e "Ferro 3". Esse do Burton está no meu top30.

cine-asia disse...

Vejam por favor as minhas escolhas em www.cineasia.blogspot.com

Cumprimentos,

Sérgio Lopes

Francisco Mendes disse...

Bela inserção de "Maria Full of Grace", a grande e excelente surpresa do ano com a formidável Catalina Moreno. Marston fez um admirável trabalho, depois de em 2001 ter realizado o episódio "The Silence" para a esplêndida série "Sete Palmos de Terra".

gonn1000 disse...

Cine-Asia: Já vi :P

Francisco Mendes: Não sabia que Marston tinha realizado em episódio da série, mas só lhe fica bem :)

Anónimo disse...

Filmes como "A guerra dos mundos" e "Narnia" num top dos melhores? Não terás enganado no top... bem, acho admiravel o teu trabalho neste blog, mas infelizmente raramente concordo com as tuas críticas dos filmes...

na mesma, parabéns e bons filmes.

nuno disse...

eu tb raramente (q me lembre só no requiem) coincido com o gonn1000, mas penso q há um grande problema no léxico dos tops... "melhores" deve ser lido como "favoritos" penso eu, até pq por vezes gostamos mais de um filme do q de outro, apesar de termos consciência de o outro ser "mais" filme! depois ainda há a questão de quem somos nós para dizer se é "mais" filme ou não, mas isso é outra história...:)

Fernando_Vilarinho disse...

gostei de ver a tuas escolhas.

já agora conheces esta revista?

http://www.festforward.com

gonn1000 disse...

Anónimo: Obrigado, e enfim, são gostos...

Nuno: E nas "Desperate Housewives" também concordamos :)
Pronto, então estes 10 são os meus preferidos, ou os melhores para mim, mas é uma opinião naturalmente subjectiva e não pretende impor nada a ninguém. Percebo o que queres dizer, mas acho que os 10 que escolhi são suficientemente "filme", embora não espere que as minhas escolhas sejam consensuais.

Fernando Vilarinho: Agora já conheço.

Iluvatar disse...

"Uma Pequena Vingança" é realmente um excelente filme, uma grande surpresa. Tambem tenho pena que não tenha sido mais divulgado.

Cumps

Turat Bartoli disse...

Tendo falhado muito cinema este ano, destaco aqui uns 5 filmes:
-De Tanto Bater o Meu Coração Parou
-Million Dollar Baby
-Charlie e a Fábrica de Chocolate
-O Fiel Jardineiro

(5º)o pior dos piores:
-Os Irmãos Dalton

Cinema francês no melhor e no pior, mas no caso do pior estava "americanizado". É ainda de lamentar o facto de não terem chegado à Madeira obras que... deviam muito ter chegado(Elizabethtown(k inacreditavelmente chegou hoje apenas para o Porto Santo!!!), Last Days, She Hate Me, etc e 1 porrada delas. O De Tanto Bat... vi quando estive no Porto de férias.

a (semi)desilusão: King Kong = 5/10

Continuações()

gonn1000 disse...

Pois é, mas é para isso que os blogs servem :)

gonn1000 disse...

Turat Bartoli: Não vi "Os Irmãos Dalton", mas gostei dos outros quatro e não considerei "King Kong" uma desilusão.
Pois é, tá visto que tens de emigrar para o "cóntenente", pá :P

Turat Bartoli disse...

Quanto à tua última frase, Gonçalo, aki vai 1 desabafo: acredita que penso nisso muita vez... muita vez... Mas como as coisas são.. não sei mesmo onde irei parar. Às vezes penso que era 1 boa hipótese viver(quando for Grande:)) no apartamento que tenho no Funchal(kem sabe?), às vezes penso k tenho de sair deste fim de mundo e ir prái e arriscar-me/aventurar-me a ver no k dá, sometimes, only sometimes... Meanwhile... the dude (still)abides...

gonn1000 disse...

Pois, presumo que não seja fácil, mas também ainda tens muito tempo e pelos vistos ainda há uma dose mínima de oferta cinematográfica à disposição. Boas reflexões ()

Gustavo H.R. disse...

Olá, Gonn.
Fazia tempo que não passava aqui... Bem, você com certeza assistiu a bastantes filmes no ano que passou, então não tenho como discordar de escolhas como MARIA CHEIA DE GRAÇA (apesar de tê-lo visto quase inteiro na HBO). BATMAN, MAR ADENTRO e KONG têm, de fato, muitas qualidades.

Cumps.

gonn1000 disse...

Olá Gustavo, também vi a tua selecção, muito compelta como sempre, embora não concorde muito com as escolhas. Bons filmes :)

teco apple disse...

Não consigo engolir "Elizabethtown". Para mim é um filme tocando, mas fraco. Parece que tenta mostra uma nova forma de amor, mas que já vimos nos filmes de Linklater, não?

gonn1000 disse...

Sim, Linklater é uma referência próxima, mas acho que o filme de Crowe não deixa de ter um estilo muito próprio.

HC disse...

Muitos dos filmes aqui apresentados nem se quer são de 2005. Mas infelizmente no nosso país as estreias tardam em chegar. Mas para se fazer um top temos que ter em conta as estreias em Portugal em 2005 se não corria-se o risco de não escolher filmes de 2004 que só tiveram estreia em 2005.

gonn1000 disse...

Sim, o meu critério foi escolher filmes de entre os que tenham estreado em Portugal em 2005, independentemente do ano em que foram feitos.

missixty2000 disse...

concordo com todos os que lá tens e que eu vi!!
colisao, mar adentro, guerra dos mundos, elizabethtown, cronicas de narnia!!!
O million dollar baby é bom, mas não é assim tão especial..como tu mesmo dizes!!

gonn1000 disse...

Concordas com esses todos?? Até parece mentira :)

The Red Shoes disse...

Sonora gargalhada ao vislumbrar este top! Um top deste calibre, mediocre até à medúla, não se pode escudar com "os gostos". Pode sim escudar-se numa tremenda falta de conhecimento cinematográfico e vistas curtas.

gonn1000 disse...

Poderia então iluminar-me com o seu conhecimento cinematográfico e indicar quais foram, no seu entender, os melhores filmes do ano?
Ah, e presumo que o top seja "medíocre" e não "mediocre", certo? É que agradeço que, quando comentem, o façam em bom português...

Paulo disse...

LOL!

A altura dos tops é sempre aquela em que os seres mais deprimentes saem à rua e tentam vomitar a sua "cultura" cinéfila para cima dos outros. O ano passado apareceu um desses no meu blog. É cada um...

gonn1000 disse...

Eheh, desta vez concordamos, mas até dão jeito para quebrar um pouco a rotina :)

Anónimo disse...

Eu tiraria Elizabeth Town e colocaria Star Wars - Episódio III

gonn1000 disse...

O "Star Wars" entraria no Top 40, talvez :)

Rui disse...

epah, mt boa a lista!!! vives mesmo para o cine!?! de qualquer forma, e para variar, 5 estrelas para a crítica...

gonn1000 disse...

Obrigado :)

Anónimo disse...

boas. eu gostava de saber qual o numero de espectadores para o filme 8 mile. agradecia uma resposta. mt obrigado

gonn1000 disse...

Não sei, não disponho de qualquer informação sobre isso.