domingo, outubro 28, 2007

TEIAS E MUTANTES

aqui falei do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, a decorrer até dia 4 de Novembro, embora só neste fim-de-semana lá tenha ido sem ser em trabalho - ou melhor, teve que ser assim depois da câmara e microfone me terem pregado partidas, por isso nada de entrevistas ao Manara e outros autores, mas adiante.

Ainda sou capaz de lá voltar, já que houve pouco tempo para explorar em condições tudo o que havia nas bancas, e por isso só trouxe duas recordações:


Finalmente vou conseguir saber se o hype Josh Whedon no universo X é justificado (não tenho paciência para a a Buffy mas gostei de "Serenity");



O Aranha e o Miller no mesmo livro, parece-me bem, e desconhecia que o autor de "Sin City" tinha iniciado o seu percurso nos comics com o sobrinho da tia May.

E espero não voltar a cair no vício de comprar BD de super-heróis regularmente, foram necessários muitos anos para o largar e a carteira agradeceu...

10 comentários:

Ricardo disse...

hmmm... fazes o quê? Eu tb estou como tu. Em recuperação. Ontem na fnac tive com o volume da Civil War na mão. 22€. ia-me dando um ataque... Não posso passar pelo "desmame" da BD novamente! Um abraço!

gonn1000 disse...

Gestão de contéudos/ jornalismo.
Pois, os preços são pouco convidativos, mas por vezes mesmo assim é difícil não ceder. "Civil War" não cheguei a ler.
Fica bem.

Ricardo disse...

Eu tb... não... cof... excepto... cof através do ... cof ... SACANÇO... Cof. Eu não disse nada disto e se perguntarem não fui eu que escrevi!

gonn1000 disse...

Ah, mas ler BD na net não é a mesma coisa :)

Flávio disse...

«Ah, mas ler BD na net não é a mesma coisa :)»

Sem dúvida.

Eu não sou grande fã de BD (tenho só algumas coisinhas do Corto Maltese e a Nova Iorque do Will Eisner) mas vou aproveitar para dar um pulinho à Amadora. Há alguma coisa interessante no feriado de 1 de Novembro?

Já agora, alguém sabe como é a tradução correcta de 'graphic novel'?

gonn1000 disse...

Segundo vi na programação não há nada especificamente previsto para dia 1, julgo que a maioria dos autores convidados já passaram por lá no fim-de-semana passado.

Acho que a tradução usada com mais frequência é "novela gráfica".

Randomsailor disse...

o astonishing vale a pena. Principalmente em paperback, sem teres que esperar meses por cada nova revista! :P Tem momentos hilariantes e de grande escrita...

enjoy!

abraço

gonn1000 disse...

Sim, a julgar por este arco de histórias não me imagino a ler aquilo mensalmente, há números em que a história quase nem avançou.
Infelizmente não fiquei muito impressionado, a Danger Room como inimiga não me pareceu grande ideia.

Flávio disse...

Eu nunca me perdoarei por ter comprado a edição do Corto Maltese que saiu há tempos com o Público. Que porcaria de edição! A encadernação é uma merda, os livros estão esquartejados em pequenos fascículos e o preço acabou por não ser tão vantajoso quanto isso. Surgiu agora uma excelente edição de bolso da Casterman, muito mais barata e cuidada.

gonn1000 disse...

Ouch :S
Não conheço essa edição, mas se é como dizes também não vou procurar fazê-lo.