segunda-feira, março 13, 2006

EFEITO PLACEBO?

Após uma semana de pousio (que pareceu ter durado um mês, mas isso é assunto para outro post), este blog retoma agora a actividade, e o primeiro destaque vai para o novo álbum dos Placebo, "Meds", que é editado hoje.

Infelizmente, o quinto disco de originais do grupo de Brian Molko não está à altura de nenhum dos anteriores, reforçando a repetição de fórmulas que "Sleeping With Ghosts" já evidenciava. "Because I Want You", o primeiro single, é prova disso, apresentando uns Placebo iguais a si próprios, embora canções como "One of a Kind" ou "In the Cold Light of Morning" exibam alguma frescura e vitalidade.

Outro dos bons momentos do álbum é "Song to Say Goodbye", cujo vídeo roda ali no canto superior direito e é dirigido por Michel Gondry, o realizador do brilhante "O Despertar da Mente". A escolha do cineasta prova que a banda sabe requisitar boas companhias - VV, dos The Kills e Michael Stipe, dos R.E.M., participam no disco -, mas isso não é suficiente para disfarçar o sabor a mais do mesmo, que não chega a ser desagradável mas também não é especialmente cativante.

A propósito do lançamento de "Meds", a revista francesa Les Inrockuptibles apresentou a primeira de uma série de edições especiais sobre nomes marcantes do rock e afins, dedicada aos Placebo, que inclui 100 páginas de entrevistas, biografias e críticas. Um excelente documento, altamente recomendado para fãs e curiosos, elaborado por uma publicação que sabe do que fala e que apoiou a banda desde o início.

26 comentários:

LilyStrange disse...

qd o ouvi pela 1ª vez pensei que eles tinham perdido a cabeça, depois de o ouvir muitas vezes,a cho que é um álbum muito bom e interessante. Sei que gostas do Black Market Music, mas para mim este álbum é substancialmente melhor que o BMM

Kraak/Peixinho disse...

Finalmente estás de volta!! Parecia um exílio interminável... daqueles tipo antes do 25 Abr, LOLL. Espero que tenha corrido tudo bem. :)

Sobre os Placebo, ainda ontem falava no tema: sinceramente acho que não vou gastar uns €€ neste álbum...

Hugzz parisienses

gonn1000 disse...

Lily Strange: Concordo que melhora com várias audições, mas não acho que seja muito bom nem melhor do que o "Black Market Music". Grande parte dos temas parecem lados-b e no geral o disco pouco traz de novo.

Kraak/Peixinho: Pois, perdi um certo jantar com direito a bolo e tudo, mas o exílio valeu e pena, embora tenha sabido a pouco. Também não tenciono comprar o disco, apesar de ter comprado todos os outros dos Placebo.

myself disse...

Bem vindo!!!
Confesso que não estou nada curiosa para ouvir o disco novo deles...temo que será "mais-do-mesmo".....

gonn1000 disse...

Obrigado :)
Pois, é precisamente isso, e apesar de ser um disco que se ouve bem esperava mais da banda. Enfim, há bem pior...

cine-asia disse...

Gonçalo, como sabes tb eu sou um fâ de Placebo e concordo com a tua análise. OS Placebo não sabem fazer má música, mas ao contrário do brilhante e melancólico Withou You I'm Nothinh ou do multifacetado e excelente Black MArket Music, este MEDS, sabe a pouco. Não é mau, é apenas regular, talvez um pouco insosso, refrões fortes mas nenhum tema acima da mediania. Esperava mais, mas Placebo é sempre Placebo..Brian MolKo com a sua voz magnífica e são 3 grandes músicos vão porventura me fazer deslocar ao super bock super rock para os ver ao vivo...

Cumprimentos,

Sérgio Lopes

missixty2000 disse...

Eu gosto de placebo, quando for à FNAC, vou ouvir este albúm!!

gonn1000 disse...

Sérgio Lopes: Concordo contigo, é um disco demasiado mediano, bem abaixo dos magníficos "Without You I'm Nothing" e "Black Market Music". E sim, os Placebo são o único motivo pelo qual talvez me desloque ao SBRS, pelo menos tendo em conta os nomes do cartaz que foram revelados até agora.

missixty2000: Fazes bem, mas sinceramente acho que ficas melhor servida com qualquer um dos anteriores, em especial "Without You I'm Nothing" e "Black Market Music".

Francisco Mendes disse...

Super Bock lá estarei. Apesar de não serem a minha atracção principal. Acima estão Deftones e principalmente TOOL! Será certamente um dos superiores momentos que o nosso país festivaleiro receberá no presente ano. O tão ansiado regresso após o melhor concerto que o país teve o privilégio de albergar nos últimos anos, aquando do Ozzfest no Restelo.

gonn1000 disse...

Nem os Deftones nem os Tool me seduzem muito, embora não desgoste do disco "White Pony", dos primeiros. A ir, será só mesmo pelos Placebo, que me deixaram boas recordações quando os vi no Coliseu há uns anos.

S0LO disse...

Bem-vindo de volta, Gonçalo :)!

Quanto ao novo albúm dos Placebo...devo confessar que ainda não vi, mas se só foi lançado hoje acho que tenho uma boa desculpa :P!

Abraço

Joana C. disse...

Também não me convenceu totalmente. Uns Placebo pouco inspirados que se foram colar muito ao álbum anterior. Contudo destaco a excelente "Meds" e "In the cold light of the morning".

gonn1000 disse...

SOLO: Obrigado :)
Ah, basta passares por qualquer loja de discos que dás logo com ele, aí não tens desculpa :P
Fica bem

Joana C.: Pois, e o álbum anterior também já não era propriamente do melhor que a banda fez... As canções que referes, no entanto, ainda valem a pena.

Lenore disse...

só para dar uma breve opinião, não acho q este album traga mais do mesmo e mesmo que trouxesse, não vejo problema nenhum nisso. acho q ficava doente se eles mudasssem e tentassem imitar a "trend" de interpol, bloc partys e companhia que se faz sentir actualmente em td o q é banda recente.
acho este album mto bom. está ao nível dos 2 últimos, ainda não arrisco dizer que está superior porque ainda só o ouvi pela primeira vez ontem, mas qt mais o ouço mais gosto. é um grande álbum e recomendo vivamente a edição especial com o DVD, nem que seja pela actuação da "if only tonight we could sleep" com os cure.
o grande problema é que toda a gente que conheço ouviu o cd pela primeira vez com grande negativismo devido ao single "Because i want you" que na minha opinião é das piores músicas de placebo. recomendo que o ouçam sem preconceitos e que esqueçam todas as criticas q ouviram até agora e o julguem apenas pelo que ele é, o 5º album de uma banda com 11 anos.

gonn1000 disse...

O problema é que, embora não se colem aos Bloc Party, Interpol e afins, repetem o que já fizeram, e com resultados menos convincentes. "Because I Want You" é um claro exemplo disso, e apesar do disco ter algumas canções mais interessantes fica abaixo de qualquer um dos anteriores. Por enquanto ainda resulta, mas se continuarem sem inovar não prevejo nada de bom...

H. disse...

talvez parecido, mas sempre bom... terei no entanto de o ouvir mais vezes para formar uma opinião mais concreta...

gonn1000 disse...

Ainda é bom, sim, mas não tanto como se esperaria dos Placebo :(

LilyStrange disse...

o single "because i want you" é a pior música do album, para mim. o resto do album é fantástico.

gonn1000 disse...

Pois é, mas há mais algumas fraquinhas. Fantásticas é que nem por isso, digo eu...

kimikkal disse...

Pois, não acho um mau disco, apenas faz falta um pouco de inovação, depois de "without you i'm nothing" parece que estão a querer gravar sempre o mesmo disco...

no entanto "A song to say goodbye" está lá em cima juntamente com outros clássicos da banda.

gonn1000 disse...

É um bom single, melhor do "Because I Want You", mas serei só eu a achar que soa um bocado a Coldplay (quando estes soam a U2)?

Carina disse...

Ola!
Posso mesmo dizer : "BINGO!" Já tou há imenso tempo para encontrar musicas dos Placebo, e não consigo! Andava na net sem fazer nada e por acaso entrei no teu blog! Olha isto tá demais! Parabéns! Agora vou ver se consigo arranjar musicas dos Placeo! Qualquer coisa: carina_7_cat@hotmail.com
Agora vou tentar arranjar as musicas dos Placebo! Ah! E já agora este álbum para mim é só pelo motivo de eu ser uma curiosa!(eu não os conhecia!) Mas já fiquei fã!

gonn1000 disse...

Ainda bem que encontraste, então. Se gostas deste álbum recomendo todos os anteriores (em especial "Without You I'm Nothing" e "Black Market Music") e o DVD "Soulmates Never Die". Bons sons :)

Spaceboy disse...

Este novo registo dos Palcebo desiludiu-me imenso, tem albumas boas canções (como o single «song to say goodbye»), mas não são assim tantas, no disco povoa uma grande sensação de déja vu, e para ouvir o melhor dos Placebo vou ouvir um «Without you I'm nothing».

gonn1000 disse...

Percebo-te, mas ainda assim é um disco audível e com pontos de interesse, desde que não se espere muito (e eu dos Placebo espero sempre bastante).

James Baker disse...

Hi Blogger, I found your blog quite informative.
I just came across your blog and wanted to
drop you a note telling you how impressed I was with it.
I give you my best wishes for your future endeavors.
If you have a moment, please visit my dvd burning programs site.
Have a great week!